Apr
18
2012

Como melhor a vida profissional

 

Eu li o artigo “As 10 perguntas que você precisa se fazer todo mês” e achei muito interessante, principalmente porque eu fiquei pensando e acho que todas as perguntas podem ser levadas para o lado profissional. No artigo o autor diz, já no começo, a seguinte frase: “perguntas que você deve se fazer todo mês para garantir o crescimento de sua empresa“. Eu no entanto penso que as perguntas não devem ser usadas apenas pelas empresas mas também por todo profissional que almeja um crescimento profissional onde quer que esteja. Segue então meus comentários pessoais sobre as 10 perguntas, visando o lado profissional.

  1. O que o seu produto faz e quem o compra?
    • Interessante pensar qual é o seu produto e quem compra. Porque seu produto é seu serviço, sua mão-de-obra, o esforço que você faz para alcançar um objetivo usando seus conhecimentos adquiridos. E muitos não se dão conta disso. Quem compra? A empresa que lhe contratou. Ou você está trabalhando de graça? Pense bem, você está oferecendo um bom produto? Você compraria seu próprio serviço se fosse contratar alguém?
  2. Porque alguém compra seu produto?
    • Esse é ainda mais interessante. Pense bem, por que alguém decidiu contratar o seu serviço? Por que alguém decidiu pagar para você um valor todos os meses? Quais são os motivos que levam a empresa que te contratou a te manter na folha de pagamento deles?
  3. Qual é o fator principal que atrapalha suas vendas?
    • Aqui talvez a pessoa vá se perguntar: vender o meu serviço? Claro. Quando alguém lhe pergunta se quer ouvir uma proposta de trabalho, eles querem comprar o seu serviço. Logo, você está vendendo. Agora pense bem: como você está se vendendo para o mercado de trabalho? As pessoas te conhecem? Seus amigos/conhecidos te recomendariam para uma empresa? Eles te chamariam para fazer parte da equipe deles? Ou ainda, o que falta para você alcançar uma determinada posição? Que tipo de conhecimento você precisa adquirir para se vender melhor e oferecer um serviço mais qualificado?
  4. O que você pode fazer para receber mais feedbacks de seus clientes, clientes em potencial e clientes de vendas mal sucedidas?
    • Aqui é muito simples. A empresa que te contratou está lhe dizendo o que você precisa melhorar? Quais são os comentários que você ouve sobre seu trabalho? Você um dia não foi contratado em uma disputa por uma vaga? Por quê não foi contratado? E por que você foi contrato?
  5. Se sua empresa parasse de ganhar dinheiro hoje, até quando a reserva iria durar?
    • Ninguém está 100% livre de passar por uma situação dessa. Se você for mandado embora, você tem dinheiro para se manter? Você possui alguma reserva? Se a empresa onde você trabalhar quebrar, o que você fará?
  6. Se alguém lhe desse R$100 mil hoje, como você gastaria esse dinheiro a fim de aumentar sua receita no futuro?
    • Muita gente, com essa quantia, já pensaria em gastar com festas, comprar aquele carro. E você? Como você investiria esse dinheiro para garantir o seu futuro? Faria cursos profissionalizantes? Especializações? Você investiria em algo para que futuramente esse dinheiro fosse duplicado? Talvez triplicado?
  7. Se você fosse contratar alguém hoje, quais atividades esta pessoa iria desenvolver e como isso influencia no crescimento da empresa?
    • Essa pergunta é mais difícil de levar para o lado pessoal. Mas é possível. Se fosse contratado alguém para lhe ajudar nas suas tarefas diárias, o que essa pessoa faria? Ela conseguiria fazer coisas para lhe proporcionar um crescimento profissional?
  8. Quais operações de sua empresa você odeia executar?
    • No seu dia a dia. Nas suas tarefas diárias, o que você não gosta de fazer? Eu entendo que aqui você precisa não ignorar as atividades ou adiá-las. Você precisa sim é organizar as tarefas para que todas sejam executadas com qualidade, mesmo aquelas que você considera uma chatisse.
  9. Quais iniciativas do dia-a-dia você poderia fazer sem ser tão perfeccionista?
    • Aqui é engraçado porque a mesma pergunta que vale para a empresa, vale para o lado profissional. Então, é muito simples. Você executa tarefas que não precisam ser executadas com perfeição. Aqui pode ser contraditório, pois tudo que você faz no seu dia a dia deveria ser concluído de forma perfeita. Mas existem momentos em que há tantas coisas pra fazer que você precisa decidir aquilo que merece uma atenção especial, e aquilo que pode ser feito mais rapidamente e não seja necessário uma qualidade extrema. Bom, aqui o que vale é o bom senso. Então, o que eu posso fazer sem me preocupar tanto com o resultado final?
  10. Se você pudesse ter uma hora de conversa com algum guru, ou referência na sua área de atuação, o que vocês conversariam e qual seria o principal objetivo dessa conversa?
    • É estranho (pelo menos para mim) pensar sobre quem são os meus gurus. As minhas referências profissionais. E eu quando penso sobre isso lembro de algumas pessoas de algumas áreas diferentes. Mas eu não faço idéia do que eu conversaria e qual seria o tema principal da conversa. Então, aproveitando, vou também fazer a minha reflexão!

Tudo bem. Eu sei que no final, adicionei perguntas para cada pergunta. Mas acho que as perguntas fazem as pessoas refletirem mais do que simplesmente ler uma opinião. Uma afirmação que eu faça pode não estar de acordo com o que a pessoa que lê acredita ser o melhor. Mas uma pergunta fará com que ela reflita e pense sobre o assunto. Em breve eu publicarei a minha reflexão pessoal sobre as 10 perguntas.

Leave a Reply